domingo, 25 de julho de 2010

Tirando minha mãe,todo mundo é descartável.



copo-plastico-na-agua-menor Quero deixar claro que não estou com raiva de ninguém,nem com ódio do mundo.Minha vida esta até chata de tão boa.Então vamos lá.

Eu não consigo sentir saudade.Não que eu seja uma pessoa extremamente fria,só não consigo sentir saudades de quem eu sei que ainda posso encontrar uma dia.Tenho saudade de pessoas que já morreram,de tempos que já passaram e coisas assim.Mas não sinto saudade de pessoas que moram em outros países por exemplo,porque eu sei onde elas estão e que posso vê-las quando quiser ou quando a grana e o tempo deixarem.É um conceito muito pessoal de saudade,eu sei que a maioria das pessoas não é assim.Mas é que me disseram essa semana que eu sou um pouco frio e distante.Não é isso,mais ou menos…

Isso me leva a outro quesito que faz com que eu seja considerado uma pessoa fria.Na minha vida apenas minha mãe é essencial.Eu não consigo ver meu mundo sem a presença da minha mãe,até porque ela é fodástica e se não é a melhor mãe do mundo chega muito perto.

Todas as outras pessoas que fazem parte do meu mundo são descartáveis para mim.Não descartáveis no sentido de que eu não as queira por perto,eu quero.Algumas eu quero muito.Uma em particular eu quero o mais perto possível.Mas é no sentido que eu conseguiria levar a minha vida perfeitamente sem elas.Me fariam falta,mas eu seguiria em frente e provavelmente,uma hora ou outra,as esqueceria ou deixaria de pensar nelas com tanta intensidade.

É fato que 99% das pessoas que fazem parte da vida de vocês meus 3 leitores também são descartáveis.Pensem bem.

12 comentários:

  1. Como já disse: qual de nós dois é mais antissocial? 8)

    ResponderExcluir
  2. Pensando bem, eu só elencaria, além de minha mãe, o meu pai e ponto.

    ResponderExcluir
  3. Eu sinceramente, acho que teria mais gente que eu sentiria falta. No entanto, eu também me sinto estranho com esse lance de saudades quanto a alguém que foi para longe. Eu acho que eu também não sinto saudades.

    ResponderExcluir
  4. Saudade é umas das sensaçoes que mais gosto de ter, pra mim é comum e cotidiano, principalmente agora, que estou em outro planeta.

    ResponderExcluir
  5. Eu não viveria sem meu vô e meu irmão, já perdi gente demais e sem eles dois eu não seria nada....

    Mas concordo com vc em muita coisa!

    beijos!

    ResponderExcluir
  6. Isso se chama auto suficiência. Você se basta. Como diz um amigo meu "pratique o desapego"...acho que certas pessoas já possuem um certo desapego por natureza. I like it!=D

    ResponderExcluir
  7. Eu sou anti-social, difícil de conviver, uma chata.

    mas sou tão emotiva, que sinto saudade antes mesmo que a pessoa vá embora.

    não acho que tu esteja errado, só substituiria o termo "descartável" pelo "substituível", talvez.

    Todos somos, e quando estou em baixa, acredito que a´te como mãe dos meus filhos, mesmo dando o melhor de mim.

    ResponderExcluir
  8. Turma dos sociopatas unidos..rss
    Abriria esse numero para 95%.

    ResponderExcluir
  9. o negozi é que aquela velha e triste: nascemos a vamos morrer sozinhos, só envelheceu pq é verdade.
    Ah... diga ao amigo do primo do seu primo que eu sou linda, mas discreta. Já coloquei fotos minhas no pefil e tudo o mais, mas depois que ofereceram setenta camelos por minha pessoas, cedi as metaforas visuais.
    Beijinhos materiais

    ResponderExcluir
  10. Eu sou parte desses 3 leitores ^^

    Também sou como tu, já deves ter reparada, não é questão de falta de coração, é ser anti social sei lá!

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto.