quinta-feira, 20 de junho de 2013

Viva La Revolución – Agenda da Manifestação em Criciúma.

Untitled-1

É chegado o grande dia meus amigos. Faremos a revolução em Criciúma. Como sempre, assim como os lançamentos nos cinemas, estamos atrasados em relação as outras cidades, mas antes tarde do que mais tarde não é mesmo. No intuito de ajudar meus amiguinhos revolucionários a desfrutarem inteiramente desse momento histórico, publico abaixo a agenda da revolução.

  • 18:30hs: Ponto de encontro no Parque das Nações. Onde protestaremos contra a arborização zuada do parque, constituída basicamente de coqueiros que não dão sombra e nem servem para os pássaros se abrigarem ou fazerem seus ninhos. Por uma natureza melhor e mais justa.
  • 18:50hs: Separação de grupos para a marcha. Gostosas de um lado, piriguetes do outro, homes atrás e feias mais atrás.
  • 19:15hs: Será feita a execução sumária dos traidores do movimento, a saber: Pessoas que foram aos shows do Naldo e do Sambô. Pessoas que votaram no Salvaro mesmo sabendo que ele não poderia ser eleito, membros de partidos políticos com bandeira e pessoas com a camisa do Che Guevara.
  • 19:50hs: Saída da marcha pela avenida Centenário. Será feita uma corrida rustica com distribuição de medalhas para os primeiros que chegarem na Igreja do relógio primeiro. No caminho será distribuído um reforço alimentar aos participantes da marcha, pirão d”água com vergamota e leite de pêra.
  • 20:20hs: Saque organizado do Giassi da Avenida. Os líderes do movimento estarão distribuindo senhas para os participantes saquearem o Giassi com calma e tranquilidade. Máximo de uma garrafa de whysky por revoltoso.
  • 20:45hs: Parada para os gordinhos se reidratarem.
  • 20:55hs: Chegada na igreja do relógio onde os líderes decidirão qual o grito de guerra da revolução entre os 3 seguintes: “Tigrão eô” , “Ei RBS, vai tomar no cu” e “Ei Delfim, vai tomar no cu.”
  • 21:20hs: Chegada da tropa de choque da PM. Líderes do movimento mostram a bunda para o Comandante Cabral.
  • 21:21hs: Comandante Cabral fica puto da cara e manda seus comandados descerem o cacete no bando de badernistas.
  • 21:23hs: Correria,gritos,gente sendo presa, cachorros da PM comendo carne humana, balas de borracha voando para todos os lados.
  • 22:00hs: As mamães e papais vem buscar seus filhos, hora de dormir.
  • 22:20hs: Alguns revoltosos sobreviventes se reúnem em frente ao bar Concentração aos gritos de “Tigrão eô”.
  • 23:30hs: Chegada dos gordinhos na igreja do relógio.

4 comentários:

  1. Gostei da atitude do pessoal aí Criciúma. Atitude é isso aí.

    Aliás, acho que as mesmas coisas foram feitas aqui em Campinas, na "maior manifestação da história da cidade".

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto.