segunda-feira, 25 de maio de 2009

Discriminação no estádio?

verdes
Desde muito pequeno aprendi a amar o futebol.Ia com meu pai ao Morumbi ver os jogos do Santos e ficava muito chateado quando o time perdia.Jogo todas as sextas e se não sou o Taffarel do salão pelo menos não passo vergonha em quadra.Mas nunca entendi aqueles torcedores xiitas que brigavam no estádio ou nas imediações deste porque um outro cara com uma camisa diferente o tinha olhado torto.Aquele tipo de pessoa que não gostava de outra apenas por ela torcer por um time diferente do seu.Para mim isto esta intimamente ligado a discriminação por raça,cor,credo religioso ou situação financeira.Tem a ver com ódio,e se tem a ver com ódio sem sentido é discriminação.
Digo ódio sem sentido porque dá para entender uma pessoa ter ódio de alguém que tenha feito mal a uma pessoa que você ame,ou tenha feito mal a muitas pessoas.Um assassino,um estuprador,um individuo contrário as leis e regras da sociedade.Mas ódio de uma pessoa que não lhe fez nenhum mal não pode ser tolerado.
Isso é para falar de um tópico que li na comunidade do Orkut do Criciúma Esporte Clube,onde um membro propõe um abaixo-assinado destinado à que a diretoria do clube impeça pessoas com camisas de outros clubes de entrar no estádio para ver os jogos.Nem sei se isso seria legal ou não.Afinal temos garantido o direito de ir e vir e apesar do estádio ser uma propriedade privada o clube cobra ingressos para o acesso,o que o tornaria de fato público,como um restaurante por exemplo.
Não estou dizendo que concordo com quem vai ao estádio com a camisa de outro clube.Muito pelo contrário,discordo totalmente,e acho um absurdo uma pessoa ir torcer pelo clube pelo qual é apaixonado com a camiseta de outro clube.E um absurdo maior ainda uma pessoa nascida em Criciúma ir ao estádio torcer contra o time.É falta de respeito e babaquice.Mas esse babaca tem o direito de estar lá,com a camisa do Figueirense,do São Paulo ou com um pijama amarelo com bolinhas roxas.
Acho perigoso esse tipo de coisa.Parece inofensivo no começo mas a história já nos mostrou que coisas ruins começam com atitudes aparentemente inofensivas.
Adolf Hitler era um pintor,e ao que me consta ele nem gostava de futebol.Mas ele não começou trucidando judeus e sim participando de grupos políticos…
E um outro membro ainda vai mais longe e propõe que todos tem que ir ao estádio com as cores do clube.Daqui a pouco pessoas vão ser barradas nos portões do Heriberto Hulse por conta de sua cor de pele:
-Você aí é negro,pode entrar.Você é marrom,vai saindo da fila porque tua cor não combina com a camisa do clube e vai destoar.
Talvez seria melhor um abaixo-assinado para pressionar a diretoria a trabalhar direito,do jeito que esta o Tigre vai acabar como o Joinville,sem série…

Update: O leitor,goleiro de futebol e blogueiro Guille Guitz acha que o ideal seria fazer uma campanha para incentivar as pessoas a irem com a camisa do Tigre.Concordo com ele e assino embaixo.(epa...)








A foto do pai segurando a criança é do Rodrigo- www.trigrelog.com , que autorizou a divulgação aqui no blog.







____________________________________________________________


Este post esta no :


Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!LinkLogVagabundiando

16 comentários:

  1. Qualquer atitude que tenha como objetivo tirar o direito de participação de um individuo que gostaria de participar é SIM discriminação.
    Concordo contigo plenamente.

    E adoro o jeito que tu fala de coisa séria, brincando =)

    ResponderExcluir
  2. Pior que isso é morar em uma cidade cujo o estádio é dividido entre dois rivais muito doidos, em goiânia por exemplo, a cidade é cortada entre torcedores do vila nova e do goiás, e a discriminação pula pra fora do estádio e acontece na cidade inteira, dependendo do bairro que você está e sua cor de camisa, você é agredido fisicamente, verbalmente e as vezes até roubado.

    É uma pena que fã clubes tenham se transformado em gangues. Eu acho que o que causa esse tipo de comportamento é o amor excessivo pelo time.

    por mim os pau na zorba que cria confusão podem se acabar até a morte na arquibancada, mas o problema é que pessoas que estão lá apenas para assistir são prejudicadas, as vezes mais que os envolvidos.

    ResponderExcluir
  3. Eu sou torcedor do Criciúma. Não que eu acho que tenha que proibir (como o Palestra Itália proibiu uma família de conhecer o estádio pois estava com a camisa do avaí), eu discordo.

    Mas há que fazer uma campanha de incentivo. É desagradável em uma transmissão ver gente com a camisa do Flamengo em pleno Heriberto Hülse. E quem gosta disso é a Globo, que fica se orgulhando da nação flaamenguista ou corinthiana pelo Brasil inteiro.

    ResponderExcluir
  4. A questão das brigas em estádios é realmente polêmica...
    É muito chato ver um jogo que acaba em briga. Somos o pais do futebol, temos de ter respeito por esta arte nacional....
    Não acho que proibir o uso da camisa vá resolver alguma coisa, precisamos sim conscientizar a todos para que se respeitem uns aos outros!
    Grande inciativa Ricardo!
    Abraço, sucesso e aparece sempre la no Muleque!

    ResponderExcluir
  5. Colocar foto no blog seria acabar com a minha vida virtual. No máximo de perfil, do pescoço para cima.
    Deixo vcs acreditando que a foto que ilustra o título do blog é minha.hehehe

    E quando for falar dos meus pedreiros, lembre-se que eu sou uma garota carente que fico feliz com pequenos agrados. hehe

    Um abraço grande!

    ResponderExcluir
  6. Se é pra fazer abaixo-assinado, que façam então uma campanha a favor de IR COM A CAMISA DO CLUBE.

    chega de proibições.
    Não gostamos de mistos, mas eles tem o seu direito de existir.

    ResponderExcluir
  7. Eu sou um desses torcedores que concordam com a proibição de entrada no HH com camisas de outros times nacionais. Todos gostam muito de criticar os gaúchos, mas se tem uma coisa que eles sabem fazer muito bem é valorizar o que é deles! Pq nós, catarinenses, não valorizamos o que é nosso?! Fico muito irritado por grande parte das pessoas que vão com camisas de outros times são daqui da terrinha. Não valorizam pq 'ah o time só cai' ou 'ah timinho de série C'. Será que o clube não está como está por falta de apoio? Pensemos...
    A campanha pelo uso da camisa do Criciúma é uma opção, uma bela opção diga-se de passagem. Mas teria que ter uma premiação, algum desconto. Não apenas campanha por si só.
    Ahh, valeu por add o TigreLOL.blogspot.com aqui no seu blog. Tentamos trazer algum humor para o péssimo momento do clube.
    Obrigado,

    Giovanni Zappellini Filho

    ResponderExcluir
  8. Gabriel Casagrande25 de maio de 2009 23:09

    Tá certo o criador do tópico no orkut. Sem camisas de outros clubes no Heriberto Hulse. Não gostou, foda-se, aqui é Criciúma e não Flamengo, São Paulo, Palmeiras, Vasco...

    ResponderExcluir
  9. A resposta é não Gabriel.Vai pra avenida procurar outra pessoa para suas intenções libidinosas.Não sou chegado.

    ResponderExcluir
  10. Meu inglês é bem ruim, mas o que deve ser falado no vídeo é o seguinte: Calorias, colesterol, infarto de miocardio, derrame cerebral disfarçado de comida.
    Ora, ora! Quando eu não era top model aquilo ali me dava vontade.hehehe

    ResponderExcluir
  11. Grato pela vista no meu blog...
    Caso queira visitar novamente, fique à vontade...
    Caso tenha alguma sugestão, comente, sua opinião é importante para a evolução do nosso conteúdo...

    ResponderExcluir
  12. Só agora consegui vir responder os recados no blog, quase final do dia.
    Adoro Pablo Neruda (suspiros).

    Acredita, nunca fui ver o Tigre jogar :(
    Nunca tenho com quem ir, affff.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Polêmica bombando hein.
    Mexeu com a torcida, é assim mesmo.

    Mas Ricardo, não te esquenta. Concordo com a tua opinião, o respeito em primeiro lugar.

    Todos tem o direito de Ser Criciúma E.C. e gostar e torcer para outros times. Ninguém é proibido. Temos que saber respeitar.

    Também discordo de barrar entrada de torcedores com camisetas de outros clubes no estádio, e sou bem A FAVOR do Tigre fazer uma AMPLA campanha para estimular o uso da camiseta do nosso time no estádio.

    Agora não é simplesmente barrando as pessoas com camisetas do grêmio, palmeiras, vasco, botafogo, etc... e mandando se foder e ir tomar naquele lugar (bem típico de pessoas exautadas), que vai resolver um problema crônico no estádio HH e conseguir ampliar o número de torcedores só pro Criciúma E.C.

    Opinião é opinião, cada pessoa tem a sua e deve ser respeitada. Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  14. Por outro lado o pai já está ensinando a criança à sofrer desde cedo, mas ser fanático deve ser legal quando o time ganha!

    É que não foram moderados, mas os que te respondo é porque foram publicados. Imagina, os seus vão todos para o ar, beijão.

    ResponderExcluir
  15. Parece um exagero, é verdade, dizer que alguém que não gosta de um time torne-se um assassino, mas, de acordo com Freud, assim nascem os assassinos.
    Um exemplo: o sentimento que faz um homem chamar uma mulher de gostosa é mesmo sentimento que estupra a mulher, ou seja, parte do mesmo homem o que muda é a intensidade e a atitude de estuprar ou não, o que envolve a índole e etc.
    No caso, o futebol não é diferente, ou melhor, os torcedores fanáticos não são, tanto que já vimos dezenas de vezes brigas de torcida que resultam em morte.
    Xingar o juiz ou o torcedor do outro time de forma natural pode sim ocasionar uma situação de agressão e até morte.
    Enfim, fui claro? Hehehehehe.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Claríssimo,concordo com vc.O sentimento é o mesmo,só muda a intensidade da ação ou reação.

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto.