sábado, 13 de novembro de 2010

Meu eu tímido



timidez-te-faz-perder-coisas Eu sei que é difícil de acreditar,mas já fui extremamente tímido.Na adolescência,até uns 17 anos,fui daqueles jovens que passavam o tempo livre todo lendo.Só saia de casa para trabalhar,estudar e jogar futebol no campinho perto de casa.Eu devorava 4 livros por mês e ainda assinava 3 ou 4 revistas.Internet?Non ecxistia.Pelo menos não para o público comum.

Isso começou a mudar quando me dei conta que minha timidez mais do que atrapalhando estava me incomodando.Eu não queria mais ser tímido e resolvi enfrentar isso.Me forcei a sair com os amigos.Conhecer gente nova.Começar a namorar.

Como vocês meus 6 leitores já devem saber o plano deu muito certo.Certo até demais e hoje sou o maior cara de pau da face da terra.

Mas voltando um pouco,a virada aconteceu quando aceitei o convite para começar a freqüentar os clubes undergrounds de São Paulo.Quando digo undergrounds,é underground mesmo.Lugares toscos,com gente maluca e música boa estourando os ouvidos.

Lá íamos eu o Renato e o Anderson,todos aborrecentes,de ônibus pelas quebradas Paulistanas.Lembro bem do Der Temple em que não nos deixaram entrar porque éramos “dimenor”,e eu louco para curtir Gothic Music.Do Morcegóvia onde vi um cover fodástico do The Smiths.Imagina eu com 17 anos ouvindo The Smiths.Sonho.Do Armageddon que ficava literalmente em um buraco no chão em uma galeria da Rua Augusta,bem pertinho da Avenida Paulista.A iluminação do lugar consistia em duas luzes estroboscópicas.E só.Imagina a balada inteira você enxergando todas as outras pessoas se movimentando como robôs.Até hoje é o lugar mais cool que eu fui.

Mas quem me conhece muitíssimo bem sabe que eu ainda guardo muito do adolescente tímido que um dia fui.Mas sei esconder muito bem.

13 comentários:

  1. Eu também era tímida, mas uma tímida superficial, que só precisava se ligar que não tinha motivo nenhum para ficar escondida. Até que fui aprendendo que ficar vermelha na hora de apresentar um trabalho na sala de aula não era problema algum. Era só assumir, "ai que vergonha, tô um pimentão". E fiz como você, fui me esforçando para superar a timidez. Por exemplo, sempre gostei de falar em público, então mesmo quando estava morrendo de medo (vergonha, timidez, vontade de fugir) eu ia lá e fazia! Na verdade, existe uma diferença entre ser tímido e ser introspectivo. Creio que sempre fui mais introspectiva do que tímida, na real... Mas hoje eu alterno entre introspecção e extroversão (acho que essa palavra não existe, mas a essa hora não vou googlar). Ou seja, sou "O médico e o monstro", aproveitando que hoje é aniversário do cara lá que escreveu essa parada.
    Mas, ah, a timidez no colégio também me rendeu bons frutos de horas de leitura e frequentadora assídua da biblioteca.

    ResponderExcluir
  2. as vezes as pessoas confundem "timidez" com "preguiça social". ok, eu me acho uma pessoa timida, dependendo da situação, claro. mas na maioria das vezes eu só prefiro continuar lendo, entende?

    ResponderExcluir
  3. Realmente um pouco difícil de acreditar, kkkk!

    ResponderExcluir
  4. KKKKKKKKKKK Dificil de acreditar! (2)
    "Um belo dia decidiu mudar"
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto do fato de ter sido tímtido, e de ter conseguido "superar" isso de uma maneira terna ao longo da vida, pois acho que esse comportamento forma adultos mais cautelosos, compreensivos e com uma nova maneira de ser feliz a ser compartilhada neste mundo.
    Tá viajei - ou não.
    Um bom fim de semana a todos o/

    ResponderExcluir
  6. Na vida real, eu sou tímido até hoje. Por isso criei esse porra-loca na virtual, com nome de serial-killer e tudo mais. Na internet é mais fácil...
    Mas, apesar da minha timidez, levo bem a vida.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Primeiro o Morrissey is a GOD! e depois tens muita razão a timidez não leva ninguém a lado nenhum temos de ser caras de pau e fazer as coisas como queremos ^^

    ResponderExcluir
  8. Eu não posso dizer que era mais tímida qdo adolescente, porque sempre falavam "Pede pra Pri fazer!", "Pede pra Pri falar!". O problema é que eu sempre fui uma pessoa de opinião forte.
    E sempre falo umas besteiras (não sei pq) ou verdades que todo mundo acha graça. Então quase todo mundo me tem como uma pessoa descolada, o que não é necessáriamente verdade. Só faço como vc, "sei esconder muito bem".

    ResponderExcluir
  9. Hi! friend, Could you exchange link with my site? it is new, do hope our job will be bether then now if we exchange link together
    Here's mine
    http://khdoc.blogspot.com/

    http://khmergay.nibblebit.com/
    http://amangay.blogspot.com/
    cheer,

    Khdoc news

    ResponderExcluir
  10. BONS TEMPOS CHICUTA, BONS TEMPOS...
    MTO TIMIDO VC NÃO ERA NÃO...RS

    ResponderExcluir
  11. quanto mais sem vergonha, maior é a timidez... A safadeza é só um véu branco que esconde o verdadeiro medo social. Profundo... Pro fundo do lixo com essa minha teoria... =) Gostei do seu blog, Taci.

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto.