sábado, 25 de dezembro de 2010

Luto



luto Sim,morreu.Era novo ainda,não tinha nem um ano de vida.Como dizem as pessoas,nunca um filho deveria morrer antes do pai.Eu no caso,o pai.O via como filho e o tratava como tal.

Ia para o trabalho e ficava pensando; “Meu Deus,será que deixei ele bem protegido?E se houver uma tempestade de raios?”

Cuidei bem dele,mas morreu.Foi minha culpa sim,admito.Durante os poucos meses que passamos juntos forcei a barra com ele.Toneladas de informação,tudo ao mesmo tempo.Foi demais.

Uma morte anunciada como diria Gabriel Garcia Marquez.Nos últimos tempos vinha claudicante,parava a cada meia hora e travava do nada.

Morreu.

Meu HD externo querido morreu.

Com mais de duzentos filmes,mais de mil músicas,meus jogos de PSP e todas as minhas fotos mais antigas.

Eu o amava.E ele me deixou na mão.Típico.

14 comentários:

  1. rsrs... desculpe os risos... Mas de fato é típico! rsrs...

    ResponderExcluir
  2. Recentemente, aconteceu com o meu notebook...

    ResponderExcluir
  3. Os meus sentimentos...

    FELIZ NATAL!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Mas como um bom menino que vc é. Tenho certeza que vc tem um backup, right? ;-) I hope so...

    ResponderExcluir
  5. Te entendo! Eu também perdi um filho faz pouco: meu MP4. Com mais de 500 músicas que eu não tinha salvo em mais nenhum lugar! A gente sofre!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Pow, véio. Que merda, hein?
    Se precisar, conheço uma empresa em SP que faz recuperação de arquivos em HD´s danificados.
    Só dar um grito. ;)
    Abs.

    ResponderExcluir
  7. Valeu cara,mas não era nada muito precioso,só fiquei chateado pelas fotos.Mas supero.

    ResponderExcluir
  8. meus pesames.rezemos por sua alma.
    beijos.

    ResponderExcluir
  9. O que é HD externo? Um penzão drive que virou blazer?

    ResponderExcluir
  10. Já salvei muitos HD (internos) colocando no freezer, é sério! :-) (de uma googada)

    ResponderExcluir
  11. kkkkkkk, eu tenho um medo disso acontecer...

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto.