sexta-feira, 31 de julho de 2009

Vão embora.Por favor? – Parte 1

cavalgando o dino





















Estava aqui pensando em como já estive em lugares estranhos e nas roubadas em que já me meti em nome da “aventura tá ligado bródinho?”.
Um desses lugares com certeza leva medalha de ouro.Não sei porque cargas d’água que eu,o Renato e o Anderson resolvemos de uma hora para outra sair de São Paulo e ir para São Tomé das Letras,sem conhecer absolutamente ninguém que já tivesse ido para lá e não sabendo nada da cidade.E era Dezembro,pleno natal chegando.
Mas o fato é que fomos,apesar de eu não lembrar porque nem de quem deu a idéia.Pegamos um ônibus até 3 Corações e de lá pegamos um outro até São Tomé.Claro,esse 2º não poderia ser chamado de ônibus,era um pau de arara em que para entrar você tinha que apresentar a carteira de vacinação contra tétano,tal o estado de oxidação do busão.
Chegando na cidade ficamos impressionados com as construções de pedra,sem nenhum tipo de argamassa,só pedra por cima de pedra.No desembarque nós 3,adolescentes ingênuos da cidade grande,acostumados com a honestidade e gentileza dos Paulistanos,fomos abordados por um Tio que parecia o Caveira do He-man que se ofereceu para nos “alugar” um “pedacim” de suas terras para a gente armar a barraca (opa,epa).O Caveira nos levou para um meio do mato tão grande que se quisesse poderia ter nos matado e até hoje nossos corpos estariam por lá adubando a sagrada terra das Minas Gerais.
Claro que era do lado de um rio podre e sem nada por perto e claro que após sermos abandonados ao léu naquele fim de mundo e sem boa parte do nosso dinheiro tivemos que procurar um camping decente.E claro (de novo) que se fossemos mais espertos teríamos guardado dinheiro para ficar em uma pousada e se fossemos mais espertos ainda teríamos ficado em Sampa comendo um BigMac em algum shopping. (…continua)

14 comentários:

  1. Não dá pra chamar o Caveira a Criciúma para dar uma assombradinha básica no São Salvaro, o que acha que pode tudo?

    ResponderExcluir
  2. Que texto ridículo. Vá trabalhar!!!

    ResponderExcluir
  3. Certeza...era melhor ter ficado em casa comendo um Big Mac...

    ResponderExcluir
  4. Esse texto ainda tem 2 partes.Espera acabar,depois pode xingar a vontade. ;)

    ResponderExcluir
  5. que lixo... vc não sabe nada de São Thomé

    ResponderExcluir
  6. Vamos para a segunda parte...

    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Nao vejo como viajar pra um lugar loko como Sao Thome possa ser uma roubada......

    ResponderExcluir
  8. Bom. Até eu que não curto comentar me senti obrigado. me espanta muito alguém sair de SP e ainde ser um bobo que ac redita em qualquer um. Tb acho que realmente vc não deveria sair nem de casa do jeito que é troxa. São Thomé é um local muito bonito e é claro que exietem vários oportunistas. De qualquer forma sua viagem valeu para vc ficar esperto.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  10. E é claro que este texto foi a mais ridículo que eu já li, ficar em SP comendo BigMac, é uma piada. Na verdade, o que dá para perceber é que vocês são desenformados, além do mais, Camping, deve ter quebrado algumas candeias para satisfazer seu ego, olha, fica em SP se lambuzando dessas substâncias que vocês ganham mais...

    ResponderExcluir
  11. Pelo visto te faltou espirito de aventura, seria melhor ter ficado em casa.

    ResponderExcluir
  12. sao muleke novo, ainda vao aprender. nao gostar de STL é nao gostar da vida. bom big mec, manda bjunda pro ronald

    ResponderExcluir
  13. Cara de boa o lugar é lido eu naum vejo a hora de voltar mais gosto é gosto

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto.